O Jejum verdadeiro

Muitas vezes achamos que pelo fato de Deus ser amor, podemos levar uma vida Cristã fria ou morna e, com um simples gesto, um simples jejum ou uma simples oração que para nos parece ser sincera vamos mudar o coração do Senhor, vamos fazer Ele descer do Seu trono e responder nossa oração.

Durante a semana assistimos de tudo, ouvimos de tudo, falamos coisas fúteis, lemos de tudo, brigamos, caluniamos, invejamos e daí tiramos um dia da semana, ficamos 2 ou 3 horas sem comer e pronto, estamos santos dinovo; pensamos: vou orar para Senhor me ajudar nessa luta, sei que ele vai me ouvir, pois estou cheio dEle. Esta cheio mesmo?

Deus é justiça, santidade, pureza e retidão. Ele conhece os corações dos homens, conhece todas as nossas intenções e nunca pode ser enganado. Todo o mistério do entendimento da vontade de Deus para nossas vidas se resume nos dois mandamentos deixados por Jesus, que nos diz como devemos levar a nossa vida:

E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. (Mateus 22: 37-40)

 

Todos nós dependemos desses dois mandamentos, podemos jejuar, achar que estamos puros por causa de um dia de abstinência, ou oração, mas se não praticamos esses mandamentos de nada adiantará, não pode ser um ou outro, tem de ser os dois sempre juntos, pois se amarmos a Deus e não amarmos nosso próximo estaremos mentindo e enganando a nós mesmos. É preciso praticarmos o amor de Deus, ser luz para as pessoas, renunciarmos aos nossos deleites e viver para o Senhor, amando ao próximo e os ajudando em tudo, seja qual for o lugar ou a hora.

O Senhor Deus trata com bastante amor e disciplina no texto abaixo sobre tudo que foi falado aqui, nos exorta, mas ao mesmo tempo nos mostra o caminho para conhecer o Teu coração e como  andar com Ele lado a lado, tendo nossas orações ouvidas e o Teu favor a todo o tempo.

 

“ O jejum que desejo não é este: ‘soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, por em liberdade os oprimidos e libertar todo o jugo? Não é partilhar sua comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajuda ao próximo?’ – Aí sim, a sua luz irrompera como a alvorada, e prontamente surgirá a sua cura; a sua retidão irá adiante de você, e a gloria do SENHOR estará na sua retaguarda. Aí sim, você clamará ao Senhor, e ele responderá; você gritará por Socorro, e ele dirá: Aqui estou”. (Isaías 58: 5-9)

Jesus abençoe a todos.

 

Leandro Moura

 

Anúncios

Sobre leandrosmoura

João 3:16
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s